Redação Afya - set 14, 2020

Telemedicina: o que é e como atua este médico?

Você provavelmente já conhece a Medicina, não é mesmo? E a Telemedicina, você sabe o que é e como atua este médico? Para conhecer mais sobre essa área tão importante, que tem ‘’ encurtado distâncias’’ e favorecido a relação médico/paciente, continue a leitura!


O que é a Telemedicina? Qual a sua importância?

A Telemedicina corresponde a um formato da medicina no qual as práticas são adaptadas para o formato digital e ofertadas à pacientes, profissionais de saúde, clínicas e hospitais. Monitoramento de pacientes, análise de resultados de exames e outros tipos de contato entre pacientes e médicos são exemplos dessas atividades.

Algumas das características que tornam essa área tão importante são a praticidade e a acessibilidade. Ela torna possível, muitas vezes de forma rápida e prática, oferecer acesso à diagnósticos e informações médicas, bem como levar atendimento de qualidade a regiões que não possuem muitos profissionais disponíveis. Tudo isso pode ser feito com alguns cliques/toques em aparelho eletrônicos.

Quais os ramos da Telemedicina?

Entre as formas de execução dessa tendência, podemos destacar a existência de alguns grupos:

1. Telelaudos: essa área corresponde à emissão de laudos em formato digital. À distância, os resultados de exames são enviados, por meio de softwares específicos, para análise por profissionais qualificados;

2. Teleorientação: Essa modalidade diz respeito a orientações gerais transmitidas por especialistas, sem diagnóstico ou tratamento;

3. Teleinterconsulta: consiste em uma forma de interação entre profissionais da área médica;

4. Teleconsulta: essa modalidade tem ganhado cada vez mais força no período de pandemia e diz respeito ao contato entre médico e paciente por meio do ambiente digital.


Qual o papel de um médico que trabalha na área?


O médico que lida com a Telemedicina terá contato com pacientes por meio de chamadas de vídeo, receberá exames para análise, participará de reuniões com outros médicos, entre outras funções. Todas elas deverão ser desempenhadas com ética profissional.

É preciso também ter atenção à chamada ‘’etiqueta digital’’, que deve ser exercitada por médicos e pacientes (práticas como conter ruídos nas chamadas, por exemplo). O importante é que os profissionais garantam que, mesmo do outro lado das telas, os pacientes se sintam seguros, acolhidos e à vontade.

Além disso, um médico que atua na área de Telemedicina precisa estar sempre atento às formas de funcionamento e às normas de bom uso dos equipamentos. Isso é preciso pois, a todo momento, suas funções exigirão auxílios de aparatos tecnológicos. Ainda que tenham a ajuda dos Técnicos em Telemedicina, são os profissionais da saúde que conduzirão as consultas e outras atividades.

Vale lembrar que, assim como em várias outras profissões, esse médico não está isento do papel de permanecer atento às tendências tecnológicas. Dessa forma, ele poderá buscar por melhorias em seu ambiente de trabalho.

Há empecilhos que dificultam a prática da Telemedicina?


Sim. Nem só as vantagens representam a Telemedicina. Segundo texto feito por Henrique Cal, membro Titular da Academia Brasileira de Neurologia, ao Portal PBMED, essa nova modalidade, apesar de prática e inovadora, também vem acompanhada de alguns empecilhos e limitações, como:

  • Impossibilidade de realizar exames físicos;
  • Ambientes inadequados que atrapalham as chamadas de vídeo;
  • O pouco costume com o ambiente digital pode deixar algumas pessoas retraídas e inseguras;
  • Possibilidade de falta de ética pelos profissionais (risco que também existe em ambientes físicos).

Vale lembrar que, ainda que ainda que a Telemedicina apresente alguns empecilhos, como os mencionados, a área está constantemente em busca de evoluções e melhorias para suas práticas.

Como atuar na área?

Para atuar na área da Telemedicina, os médicos precisam obter diploma no curso de bacharelado de Medicina. Após esse passo, é preciso ainda obter registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do local onde irá atuar

É interessante, para exercer a profissão, consultar a resolução publicada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) que diz respeito às práticas e serviços prestados por meio da Telemedicina.

Achou interessante entender mais sobre a tendência que vem complementado positivamente a área médica? Então que tal descobrir agora dicas importantes para saber Como ingressar no curso de Medicina? 

Escrito por Redação Afya

    Banner_BlogMed